Requiem’s Sathana

A banda Requiem’s Sathana teve início de suas atividades em meados do ano de 2017 na cidade gaúcha de Novo Hamburgo/RS. Idealizada por Rex Mendax, baixista, compositor e letrista, sua proposta vem a ser uma banda de metal extremo, baseada principalmente no black e death metal. Entretanto é também uma banda que procura o experimentalismo, daí suas incursões no metal mais tradicional, no doom e no progressivo.

Liricamente, suas letras versam principalmente sobre misticismo, sexo, niilismo, ocultismo e as forças mais negras da psique humana. Dentre suas principais influências, pode-se citar um apanhado de bandas, tais como Emperor, Dark Funeral, Canibal Corpse, Marduk, Deicide, Venom, Anathema, Krisium, Carcass, Exciter, Mettalica, Megadeth, Darkthrone, Satyricon, Slayer, Morbid Angel, Iron Maiden, Paradise Lost, Dimmu Borgir, Windir etc, dentro do metal, além de Pink Floyd, Kraftwerk, Dead Can Dance e muitas outras voltadas mais para o experimentalismo.Além de Rex Mendax no baixo, a banda conta nos vocais brutais com Rex Gutture, na bateria com Rex Tympanon, e nas guitarras com Rex Inferii, o qual é também o responsável pelos arranjos, quem dá o acabamento e a forma final às músicas, bem como compositor.

Com exceção de Rex Mendax, os demais músicos também são membros das bandas de death metal Bloodwork e Dyingbreed.A ideia principal da banda é fazer discos não muito longos, com músicas mais impactantes e experimentais, não se atendo somente a uma fórmula, mas mantendo-se fiel, obviamente dentro do metal extremo. Por isso do cuidadoso trabalho lírico, de modo que combine perfeitamente com as melodias e riffs das músicas.